Então você quer que seu pet se torne vegetariano? Nem pense nisso!

maio 11, 2015  /   Notícias

cão_comida
Muitos donos tratam seus animaizinhos como se fossem verdadeiras crianças. O problema é que estes donos podem passar dos limites e quem sofre as consequências são os pets.  E são muitos os perigos  que esta mudança pode trazer aos amiguinhos de quatro patas.


Um exemplo de problemas causados por hábitos humanos acontece quando um dono vegetariano resolve que seu cachorrinho precisa seguir a mesma filosofia de vida. E aí, os problemas são muitos…

 

A médica veterinária do Hospital Veterinário HV Pró Vita, Rhéa Cassuli Lima dos Santos, explica que os cachorros não são carnívoros restritos, mas sim onívoros com uma dependência de proteína animal muito maior do que a nossa. Em outras palavras, os cães não podem ser vegetarianos.

 

“Existe uma tendência de fugir das rações comerciais e realizar dietas caseiras para os animais por ser mais natural, sem conservantes. Não há nenhum problema nisso desde que seja acompanhado por um médico veterinário que tenha uma prescrição para essa dieta, que tenha um estudo de combinação de matérias primas para que não falte nada” explica Doutora Rhéa.

 

A médica veterinária do HV PróVita alerta que os cães, quando ficam sem proteína, desenvolvem hipoproteinemia, que é a falta de uma proteína especifica circulante no sangue. “Isso ocorre em dietas erradas. Falta taurina e outras proteínas que são essenciais para a vida do pet”.

 

Gatos precisam de mais carne que os cães

Os gatos sim, são carnívoros restritos. Eles não tem condição nenhuma de viver sem proteína animal e precisam comer carne.  Aliás, mais do que apenas carne!

 

“É preciso lembrar que, quando os felinos vivem na natureza, eles se alimentam do animal inteiro. Carne, ossos, vísceras, pele… Ou seja, se o dono alimentar o gato apenas com carne também teremos a falta de “N” minerais que ele teria se consumisse um animal inteiro. Fornecer somente a carninha moída pro gatinho não ajuda. Tudo precisa ser balanceado” diz Doutora Rhéa.

 

Balanceando a alimentação

Doutora Rhéa lembra o quanto é importante adotar o uso de rações comerciais. “São mais práticas e não trazem nenhum problema para a saúde animal. Pelo contrário, hoje temos uma perspectiva de vida muito maior suando a ração balanceada do que quando os animais comiam apenas comida caseira” finaliza.

 

A proteína nos filhotes e nos adultos

A proteína é um nutriente vital para os filhotes pois ajuda na formação dos tecidos corporais e no desenvolvimento das suas defesas naturais. Por serem criaturas muito ativas – mesmo quando adultos – é que a proteína precisa estar presente na alimentação.

 

Doutora Rhéa reforça o recado: uma dieta saudável e equilibrada deve ser projetado para cada cão, sem experimentos culinários ou mudança radicais. “Cão vegetariano não pode”.

 

 

Email this to someoneShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this pageShare on Tumblr

Comentários fechados.

  • Atendimento

    O Hospital Veterinário Pró Vita de Curitiba entende que atender bem não tem hora, por isso atende 24 horas e coloca a disposição do seu amigão ou amiguinho um completa estrutura com farmácia, exames e profissionais qualificados. Ah, se o seu amigo é felino no Hospital Veterinário Pró Vita tem espaços dedicados só para os gatinhos. Venha, estamos esperando você e seu amigão.

  • Credenciado DottorDog

  • Horários de Funcionamento

    Abertos todos os dias, inclusive Domingos e Feriados.